• Seja bem-vindo!
  • Brasília, 24 de julho de 2021

Sobre nós

 

NOSSA PARÓQUIA, HOJE

 

Os moradores do Lago Sul têm o privilégio de contar com vários centros de difusão religiosa: o seminário Nossa Senhora de Fátima, o Mosteiro de São Bento, instituições de amparo a portadores de necessidades especiais, colégios confessionais católicos, vária paróquias como: Nossa Senhora de Nazaré, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro... Tantos locais consagrados ao exercício de fé transmitem à comunidade aqui residente consciência sobre o verdadeiro sentido da vida. Nossa Paróquia São Pedro de Alcântara, um desses centros irradiadores da fé em Deus e amor ao próximo, tem como pároco o Padre Carlos Henrique Silva Oliveira e Vigário Padre Paulo Rogério Fernandes dos Santos.

Desde o tempo de sua construção, nas mão do primeiro pároco, o querido Padre José Galea, a frequência às Missas diárias, pela manhã e à noite, atesta a dedicação dos sacerdotes. Aos domingos, principalmente à saída  da Missa das dez horas, os participantes  rodeiam o padre, cumprimentam-se, trocam abraços e mostram interesse pela saúde dos mais velhos, pelos nascimentos e aniversários. Se há diferenças sociais, estas deixam de existir  entre os frequentadores, sejam eles políticos influentes, donos de empresas, médicos, engenheiros ou pequenos funcionários, aposentados, donas de casa. Tem se a impressão de tratar-se de uma grande família, como outrora nas cidades do interior.

 A convite dos sacerdotes, e sob a supervisão deles, organizam-se as pastorais e movimentos, casa um destinado e uma ação especial; mas todos com o objetivo comum de aprofundar a espiritualidade de seus agentes e transmiti-la no seu campo de ação. Assim: Catequese, Brechó, Pastoral do Batismo, Apostolado da Oração, Pastoral da Alegria e Eventos, Oficina de Oração, Pastoral do Dízimo, Pastoral Recomeçar, Pastoral da Costura, Filhos de Maria, Mesce, Pastoral da Saúde, e CPP PSPA (Sigla do grupo de Pastorais).

Nas datas festivas, que por costume se comemoram, tais como a Festa de Padroeiro, a Festa Junina, e em eventos periodicamente organizados, como "A melhor feijoada", " Bingo", ”Jantar Dançante", multidões se fazem presentes. As equipes de voluntários para organizar os comes e bebes, a música e os assentos se multiplicam com abnegação no trabalho e nas doações. O salão paroquial e o espaço coberto são pequenos para abrigar os participantes. Reina a alegria!

O que mais se destaca são os eventos religiosos que se repetem regularmente: as procissões, como no domingo de Ramos e outros dias santos, os batizados, as novenas...

Merecem menção especial as cerimônias organizadas pela equipe da Catequese. É comovente a dedicação dos catequistas, liderados, com mão firme e amorosa, pela "tia" Marise.  A  Catequese é o Coração Pulsante  das Pastorais!

Peçamos a Deus que nossa Paróquia São Pedro permaneça fiel às inspirações do Espírito Santo! Deus abençoe sempre mais nossos sacerdotes!

 

 

POR QUE SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA É PADROEIRO DE NOSSA PARÓQUIA NO LAGO SUL?

Não é fácil responder à pergunta inicial. De fato, o Santo é pouco conhecido, não só em Brasília, mas em quase todas as regiões brasileiras. Como exemplo de municípios onde São Pedro de Alcântara é venerado, temos, em primeiro lugar, a cidade serrana dos Estado do Rio de Janeiro, Petrópolis, que merece algumas referências, das quais trataremos logo a seguir. Na cidade cearense de Russas, a igreja matriz tem uma bela imagem de São Pedro; em Florianópolis, os fiéis  se habituaram a cultuar o nosso Santo, testemunhando que, por sua intercessão, graças são derramadas sobre a comunidade; em São Gonçalo, também a catedral leva o nome de São Pedro de Alcântara.

Os santos de predileção dos brasileiros, a quem são consagradas as paróquias, são mais populares, como Santo Antônio, São Sebastião, São Judas Tadeu, Santa Terezinha... Entretanto, não é de hoje que o culto a São Pedro de Alcântara chegou ao Brasil: no século XIX, nosso Imperador Dom Pedro I solicitou ao Papa que o fizesse Padroeiro de nosso País, pedido a que o Santo Padre, o Papa Leão XIII, atendeu. Entretanto, o próprio Imperador tinha anteriormente consagrado nosso País à Senhora  Aparecida. Ficamos, então, duplamente abençoados.

É significativo saber que tanto D. Pedro I quanto D. Pedro II levavam em seu onomástico o nome do santo: Pedro de Alcântara Francisco Antonio João...(o primeiro);Pedro de Alcântara João Carlos Leopoldo...(o segundo). Isto se deve ao fato de que Dona Carlota Joaquina, primogênita de Carlos V, transmitia a tradição católica de sua família na Espanha, que convivera com o Santo no século XVI.

Pedro II, mais devoto que o pai, ao demarcar os limites para a construção da Cidade Imperial, deu-lhe o nome de Petrópolis, garantindo não se tratar de uma homenagem a si mesmo, mas ao seu santo protetor. E de pronto demarcou o terreno para a edificação da Paróquia São Pedro de Alcântara, a belíssima catedral gótica, iniciada em 1876.

A tradição de honrar o padroeiro sofreu um baque com o advento da República. Parece que propositalmente, o nome de São Pedro de Alcântara foi relegado ao olvido. Isso porque, estando os novos dirigentes sob a influência maçônica, não se desejava ligar a fé religiosa ao governo.

 A veneração ao nosso padroeiro irá, aos poucos, se espalhando pelo Brasil, retomando forças, na medida que pessoas devotas, ao serem tocadas pelas virtudes do Santo, tenham a iniciativa de propor que seu nome receba a merecida honra na comunidade católica. Pessoas como nosso saudoso Dom José Newton de Almeida Baptista, primeiro Arcebispo da Nova Capital. Por sua particular devoção a São Pedro de Alcântara, teve a feliz idéia de dotar nossa paróquia do Lago Sul com o privilégio da proteção de São Pedro de Alcântara.

 

 

 

 

Contato

 
St. de Habitações Individuais Sul EQI 7/9 Lago Sul, Brasília - DF, 71615-630
 
+55 (61) 3364-3573 | 61 98114-0630  
 
secretariaspa@gmail.com